Pra sempre sua

A partir do momento que conheci Gideon Cross, senti nele algo que eu precisava. Algo ao qual eu não podia resistir. Vi a perigosa e descuidada alma dentro dele – tão parecida com a minha. Estava atraída por ele. Precisava dele assim como precisava de meu coração batendo. Ninguém sabe o quanto ele se arriscou por mim. Como eu tinha sido ameaçada ou somente o quão escura e desesperadora a sombra de nosso passado se tornaria. Envolvidos pelos nossos segredos, tentamos desafiar as evidências. Fizemos nossas próprias regras e nos rendemos completamente ao sensual poder de ser possuído…

Para sempre sua é o 3º livro da série Crossfire, os dois primeiros livros a resenha está disponível aqui no blog.

ATENÇÃO: Essa resenha pode conter spoiler do 1º e 2º livro da série.

Esse livro começa exatamente no momento em que o segundo termina.

Em Profundamente sua vimos um Gideon se afastando de Eva e se reaproximando a ex-noiva Corinne, lógico que depois tal fato foi explicado, mas Eva ficou muito perturbada com isso, sofreu, chorou, perseguiu, brigou, mostrou as garras e finalmente cresceu.

Agora em Para sempre sua, diante de algo terrível que Gideon fez para proteger sua amada, os papéis se inverteram. Gideon está inseguro, mais obcecado do que nunca e Eva torna-se seu porto seguro.

“ … as pessoas conseguem esquecer um amor. Conseguem viver sem ele, seguir em frente. É possível perder um amor e encontrar outro. Comigo isso não vai acontecer. Não vou sobreviver a você, Eva.”

“…obcecado, meu anjo. Viciado. Você é tudo que sempre quis e precisei, tudo com que sempre sonhei. Você é tudo. Eu vivo e respiro por você. Por você.”

O casal está mais fortalecido, o relacionamento, amadureceu, Gideon está mais aberto e comunicativo e ambos lutam para ficar junto, indo contra todas as adversidades e a não possibilidade de aparecer em público.

”Eu olho pra você, meu anjo, e não consigo pensar em mais nada. Quero estar com você, conversar com você. Quero ouvir a sua risada e oferecer meu ombro quando você chorar. Quero sentar ao seu lado, respirando o mesmo ar, compartilhando a mesma vida. Quero acordar todos os dias ao seu lado. Eu quero você”.

(OH DEUS ME SEGURA)

Corinne é uma pessoa difícil de descrever, fora o ódio que senti da megera, ela está mais perturbada do que nunca. Depois da reaproximação de Gideon a pessoa tinha alguma esperança de reatarem seja lá o que tiveram. Mas diante da frustração de suas expectativas, a mulher surta.

Uma ex desprezada de Gideon, do qual ele teve um caso por 03 segundos, faz uma aparição. Jornalista e cheia de ódio, Deanna planeja escrever uma matéria sobre o lado obscuro do nosso protagonista….oh.

Em meio ao caos, o ex de Eva astro do Rock Brett decide investir pesado para reconquistar a loira.

P.s. mulherzinha de sorte. Tem um Gideon apaixonado e obcecado e um astro do rock lindo no banco de reservas…..ai ai ai.

O livro é bom, porém esperava muito mais. Muita enrolação, não trouxe muitas novidades, não resolveu os problemas que gostaríamos que fossem resolvidos. E ainda levantou outras questões importantes.

Afinal qual é a da mãe do Gideon? E seu irmão Christopher? E Monica, mãe de Eva?

Difícil ver um final feliz para nossos amados. Corinne, Deanna, traumas, pesadelos, Brett, Christopher….ufa…

Gideon continua sendo Gideon e mais apaixonado do que nunca, envolvente, misterioso, perigoso e como nos livros anteriores nos fazendo suspirar.

“O primeiro dia da minha vida foi aquele em que conheci você.”

Acredito que não era necessário estender tanto assim a história, mas francamente eu amooooooo.

Mais de Gideon por favor Sylvia Day.

Se recomendo? SIM

Romântica por natureza, choro, sofro e vivo as histórias e estou com uma vontade imensa de compartilhar essas emoções.

Posts Relacionados

PARA SEMPRE SUA – Crossfire 03 – Sylvia Day
Classificado como:                    

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *