o mante” A jovem designer de interiores Ava O’Shea tem uma entrevista para uma primeira consulta no The Manor com o proprietário, o Sr. Jesse Ward. Ela está esperando nada mais do que um homem com excesso de peso, vestindo gravata, um próspero compatriota, e na chegada, nada sugere o contrário. Como ela poderia estar mais errada? Este homem é devastadoramente bonito, charmoso e confiante. Ele também é  vaidoso, hedonista playboy, que não conhece fronteiras. Ava desesperadamente não quer ser atraída por ele, mas ela não pode controlar o efeito avassalador que ele tem sobre ela. Seu  instinto lhe diz para correr, então ela o faz, mas Jesse Ward não está tão disposto a deixá-la ir. Ele  a quer e está determinado a tê-la. Ela sabe que é uma forte candidata a ter um coração partido, mas como ela pode fugir quando ele não quer perdê-la?”

 Ava é uma design de interiores, em ascensão, que ficou meio famosa ao concluir um trabalho no edifício Lusso, no qual foi tecnicamente projetado para milionários, esse trabalho lhe rendeu alta repercussão e solicitação em outros de mesmo porte. Ava é independente, educada, muito bonita e amigável com todos.

Jesse é um bilionário, playboy, lindo, dono de um corpo de matar, misterioso, sexy como inferno, solteiro, mais velho, experiente, sedutor e extremamente persistente. Essa última característica é beeeeeem explorada na história, sério o homem é muitooooo persistente.

A química entre o nosso casal protagonista é evidenciada já no primeiro contato. Ambos sentem-se extremamente atraídos, inclusive sentindo choques de eletricidade quando as mãos se encostam.

– Há alguma coisa entre nós. (ele sussurra).

– Eu não estou imaginando.

(Jesse)

Assim a partir dessa atração fatal, Jesse parte para o ataque, perseguindo Ava sempre que tem oportunidade. As incansáveis tentativas de Jesse de se aproximar de Ava e as infinitas escapadas da moça, nos rendem uma baita dor de cabeça, deixando o livro bem cansativo e repetitivo.

Consigo entender os receios de Ava, Jesse é todo problema, e não precisa o conhecer muito para todos os sinais de alerta piscarem com a palavra PERIGO, mas o que fica difícil digerir é que diante da presença de Jesse, o cérebro de Ava derrete e ela não resiste ao charme do Homem, desta forma ela corre e se esconde, e não estou exagerando…ela literalmente se esconde chegando ao ponto de ficar no quarto ignorando seu celular para não responder as investidas.

– Ava, eu não vou a lugar nenhum até que você fale comigo, por favor.

– Olhe-me nos olhos e me diga que você não quer me ver de novo, e eu vou embora. Você nunca vai ter que colocar os olhos em mim novamente

O homem é um perseguidor implacável, centenas de ligações, deixa inúmeras mensagens e não perde a oportunidade de se encontrar com a moça. Possessivo, agressivo e extremamente ciumento.

– Eu não consigo ficar longe de você, então você tem que me ver de novo… e de novo…. e de novo.

Sua possessividade é de grau tão alto que chega a ser agressiva, e eu não entendo o porque da necessidade constante de posse, chegando ao extremo de anular a outra pessoa. Mas Jesse também tem seu lado doce, e é insanamente apaixonado por Ava.

O você é minha, ou minha é constantemente usado por Jesse. No começo é até bonitinho, mas com o decorrer da história parecia mais coisa de psicopata. Hahahaha.

Baby, você é minha pra sempre.

Jesse é clichê.

Rico? positivo

lindo? positivo

possessivo? positivo

mandão? super positivo

ciumento? Extremamente positivo

maluco????? ABSOLUTAMENTE POSITIVO

Jesse esconde um segredo que honestamente não é segredo, porque dá para perceber do que se trata logo na primeira abordagem. Somente Ava não percebe.

O livro tem muitas cenas de sexo. muitas mesmo. Repetidas e incansáveis cenas de sexo. Jesse usa o sexo para manipular Ava. Ele percebe que a moça não resiste aos seus encantos e que seu cérebro para de funcionar diante dele, dessa forma toda vez que o Sr. Ward é contrariado, ele sabe como alcançar seus objetivos. SEXO SEXO E MAIS SEXO.

Arrisco dizer que, como o livro tem 424 paginas, pode se ler o livro até a pagina 100 depois pode avançar para a 350 sem nenhuma perda de  conteúdo. Sério.

Eu sei que muitas pessoas gostam desse livro, mas ele não me conquistou. Muito embora a linguagem seja fácil e a narrativa bem envolvente, o enredo é fraco, vazio, sem emoção. Ava é infantil e irritante, e Jesse é maluco.

O livro é bom? Não

Eu gostei do livro? Não

Se recomendo? também NÂO

 

Romântica por natureza, choro, sofro e vivo as histórias e estou com uma vontade imensa de compartilhar essas emoções.

Posts Relacionados

O AMANTE – Jodi Ellen Malpas
Classificado como:                    

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *