notas-quentesQuando Jet Keller sobe no palco com aquela voz meio rouca, dedilhando intensos acordes de guitarra, todas as garotas vão à loucura. O corpo tatuado, o cabelo rebelde e o olhar sedutor fazem desse roqueiro um grande conquistador, capaz de levar a mulher que quiser para a cama. Muitos garotos sonham com a estudante de química, Ayden Cross. Seus olhos cor de uísque, as pernas supercompridas, o ar de mistério e até o seu sotaque fazem qualquer um perder o juízo. Mas Jet é o único homem capaz de enlouquecê-la e tirá-la de sua vida certinha. Há muito tempo que Ayd e Jet se desejam, mas por acreditarem que são um o oposto do outro, têm evitado essa paixão. Porém, um desejo assim tão ardente não pode ser contido por muito tempo e o que está para acontecer entre esses dois será avassalador. Notas quentes é um romance tórrido, cheio de revelações e com intensas cenas de amor que irão ficar gravadas em você tal como um rock sedutor.

Título: Notas Quentes
Autor(a): Jay Crownover
Série: Homens Marcados #

Editora: Vergara & Riba
Ano: 2015
Páginas: 312

O QUE ACHAMOS:

GÊNERO: 

RESENHA

Tenho lido livros e livros e simplesmente acho defeito em tudo, não consigo me apegar nem tão pouco gostar do que ando lendo, estou começando a achar que o problema sou eu. Sei lá devo estar com anedonia literária, Tensão pré-livro, ou qualquer distúrbio relacionado a leitura que alguém em algum lugar tenha identificado. Porque não é possível……

Aqui temos um pseudo astro do rock, não que Jet não seja talentoso ou que não faça sucesso ao contrário, ele é uma estrela, mas não quer ser famoso. A vida de rock star assusta Jet, um homem alto, lindo, quente e todo tatuado. Festeiro, mulherengo e “bon vivant”.

Eu podia beijar essa gata o dia inteiro (pra sempre), mas ela sobe na minha cabeça mais rápido do que a bebida que seus olhos me lembram.

Já Ayden é uma garota linda, o sonho de muitos homens, leva uma vida regrada e matematicamente calculada, ambiciosa e muito focada, mas guarda muitos segredos.

Desde que viu Jet pela primeira vez, Ayden já se interessou pelo roqueiro, porém leva um belo de um fora dele, que por sua vez alega que a bela é certinha demais, perfeita demais e merece coisa melhor que ele.

Ayden fica atordoada com a resposta de Jet, e fica em extremo conflito interior, devido à pessoa que ela foi no passado versus a que ela gostaria de ser no futuro.

Quem eu sou e quem eu quero ser estavam se tornando duas partes separadas, e o que sobrou de mim era completamente vulnerável. Não fazia a menos ideia de como juntar essas partes de novo, nem se eu queria que isso acontecesse.

Mas a atração entre esses dois é tão intensa que chega a pegar fogo no livro, então, nem preciso dizer o que irá acontecer né.

Jet e Ayden formam um casal interessante, porque aparentemente são opostos, mas conforme o livro vai se mostrando, percebemos que guardam muitas semelhanças. Mas paz no paraíso é quebrada quando os problemas do passado de ambos resolvem ressurgir das cinzas.

Eu gostei de Ayden, mas ela me irritou demais, sério, existe um limite para a idiotice, e  essa protagonista extrapolou todos. Se eu pudesse teria entrado no livro, dava uma surra nela, e ainda ficava com Jet pra mim. kkkkkk Pqp que garota mais imbecil, uma cagada atrás da outra. Eu entendi os motivos dela ter agido como agiu, mas não demorou muitas paginas para ela saber que o motivo não era verdadeiro, entaooooooo porque continuar bancando a mártir? Não entendi.

Não sabia onde por as mãos primeiro. Era como ganhar todos os presentes que já quis na vida ao mesmo tempo. (Ayden)

A impressão que tenho é que a Autora pensou. “se eu acabar com as merdas da Ayden, o livro irá acabar, e eu preciso escrever mais algumas páginas para dar sentido a essa coisa toda, então vamos enrolar mais um pouco”….Péssimo.

Já Jet (suspiros), é incrível. Adorei, imagina um homem lindo, corpo sarado, amante sensacional e que ainda canta baixinho à noite para você dormir. Oh Deus, eu não resistiria. Apesar de todos os medos, Jet foi incrivelmente corajoso e verdadeiro com seus sentimentos.

Você fica me falando que eu não te conheço, que não faço a menor ideia de quem você é de verdade. Mas a verdade é que nenhum de nós dois está preparado para lidar com o outro. Mas quero você mais do que quero continuar respirando. (Jet)

Nesse livro a escrita da Autora melhorou muitoooo, e a tradução também, então o livro ficou muito melhor, sem muitas gírias, sem palavras toscas, e obvio que meus olhos e meu cérebro agradeceram.

Eu gostei da história, porém o grande conflito do livro é resolvido tão facilmente que eu fiquei esperando uma grande tragédia acontecer. Fiquei o tempo todo tensa, agora Jet vai sofrer um acidente ou Ayden será sequestrada por psicopatas híbridos comedores de cérebro. Mas nada aconteceu. O final foi fraco, não vou dizer que foi previsível porque eu imaginei todas as coisas mais insanas possíveis e lógico errei todas.

O livro enrolou muito para engrenar, o romance ficou naquela tensão durante muito tempo e o final foi mais frio que o Alasca, então não posso dizer que me empolguei, valeu pelo Jet.

O que eu queria mesmo era pegar minha guitarra e encontrar um lugar tranquilo para ficar sozinho e escrever as músicas mais tristes de todos os tempos, sobre uma garota que simplesmente não queria o que eu tinha para oferecer. (Jet)

Espero sair dessa minha fase extremamente critica aliviar os olhos e os dedos e dar 05 estrelas no próximo livro que eu ler.

O amor não é perfeito. Dá trabalho e, às vezes, dá mais trabalho amar do que sair correndo. Se você continuar buscando a perfeição vai perder o amor de verdade.

Se recomendo? Não sei.

Romântica por natureza, choro, sofro e vivo as histórias e estou com uma vontade imensa de compartilhar essas emoções.

Posts Relacionados

NOTAS QUENTES – Jay Crownover
Classificado como:        

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *