Título: Lick
Autor(a): Kylie Scott
Série: Stage Dive
Editora: Universo dos Livros
Ano: 2015 – Páginas: 304

 

Uma noite de aventuras. Um casamento inusitado. E uma ardente história de amor..

No impulso de uma noite de diversão e bebedeira em Las Vegas, Evelyn Thomas casou-se com um desconhecido. No dia seguinte, porém, ela se deu conta de que aquilo fora um terrível engano. Então, decidiu manter este pequeno deslize em segredo.

O que Evelyn não sabia era que havia se tornado a esposa do cobiçado David Ferris, guitarrista da famosa banda de rock Stage Dive. Agora, ao retornar para sua casa em Portland, ela terá de enfrentar as perseguições de repórteres, fugir às loucuras das fãs do astro e ainda encarar sua família, que não demonstrou nenhum contentamento com o ímpeto matrimonial da jovem filha.

Será que Evelyn conseguirá resistir às delícias de David a fim de permanecer como “a garota certinha” ou decidirá embarcar nessa glamourosa aventura junto ao marido rockstar?

Lick é o primeiro livro da Série Stage Dive.

Evelyn é uma garota pacata, oprimida pelos pais, com mania de organização e com sérios problemas de espontaneidade. Acostumada a planejar cada passo de sua vida, decide ter uma famosa noite de bebedeira em Vegas com sua melhor amiga Lauren, tendo como objetivo sexo de uma noite só com um estranho.

Muita bebida, Las Vegas, e uma veia selvagem ignorada até então, Evelyn acorda ao lado de um homem desconhecido e para seu espanto e desgosto casada. Acontece que ela não se lembra de nada. OH…..

Eu não sabia que você tinha bebido tanto. Quer dizer, eu sabia que você tinha um pouco, mas….merda. Sério? Você não se lembra de nós nas gôndolas no The Venetian? (David)

 

Decidida a seguir seu grande plano de vida, casamento é fato absolutamente fora de questão, o divórcio e o sigilo absoluto passam a ser sua prioridade. Então passa a fingir que nada aconteceu.

Como que raios alguém consegue ignorar e fingir que não aconteceu um casamento…..hahahahahaha. Só a Evelyn mesmo.

Eu ficava feia chorando. Era um dom meu. O espelho confirmou, os olhos de demônios vermelhos e bochechas coradas cor-de-rosa. (Evelyn)

 

O que ela não contava é que tinha casado com o cobiçado guitarrista da melhor banda de Rock do momento o Stage Dive

David é um sonho. Lindo de morrer, cabeludo, tatuado, corpo de um Deus, talentoso, rockstar, fofo…….chega, não vamos elevar muito seu ego já grande…né.

Eu gosto de você do jeito que você é, deixe passar qualquer merda que passe pela sua cabeça. Não tentou me enganar ou me usar. Você está apenas…..ficando comigo. Eu gosto de você.

 

Eu gostei do livro, ri muito no início com as trapalhadas de Evelyn, adorei sua ingenuidade e choque com a realidade de agora ser casada com uma celebridade.

A verdade era que eu queria todo ele. Os bons e os maus e os pedaços do meio. Eu queria ele mais do que eu jamais quis algo na minha vida.

 

Evelyn querida, eu sinto em te dizer mas, todas nós queremos ele, conforme-se.

Mas….. achei que faltou algo para esse casal. David guarda muitos segredos e mágoas do passado, deixando-o distante e obviamente incapaz de se relacionar de forma normal. Nem sei por que citei a palavra normal, vez que nem eu sou….mas, enfim. Já Evelyn está de peito aberto para essa relação. Lógico que dá merda….a falta de harmonia é muito gritante. Mas isso não diminui o livro. Ainda assim achei muito bom.

Eu tinha chegado a duas conclusões. Ambas me preocupavam. A primeira era que a noite em Las Vegas era especial para ele. A segunda era, eu suspeitava que ele não estava tão bêbado. (Evelyn)

 

David me irritou em algumas partes e em outras passei a odiá-lo. Já Evelyn ao longo da história passei a admirar, principalmente a forma com que encarou seus problemas. Mas isso não fez de David um cara mau, ao contrário ele tornou-se um dos meus amores literários. O homem é muito sexy. Imagina só, guitarrista e ainda sabe cantar……Minha nossa não dá para resistir….

O amor nem sempre é tranquilo e sem incidentes. Ele pode ser bem doloroso e confuso. Mas, não quer dizer que não possa ser a coisa mais incrível a acontecer com você. Não quer dizer que não seja louco por você. (David)

 

Ponto positivo para o baterista da banda. Mal, o homem me tirou risadas e mais risadas. Muito engraçado, já sei que passarei mal de rir no próximo livro.

Ponto negativo para….sei lá…não tem ponto negativo, vou deixar de ser chata e só curtir uma boa leitura.

O livro é fofo, leve, dinâmico, fácil de ler e viciar. Para quem está procurando uma dose de romantismo, aposte em Lick e não irá se arrepender.

O livro não trata-se de nenhuma obra prima que entrará para os anais da história, porém eu estava numa maré de livros muito ruins ou muito muito ruins, e Lick foi verdadeiramente um alívio. “Porque o que acontece em Vegas, nem sempre fica em Vegas.”

Romântica por natureza, choro, sofro e vivo as histórias e estou com uma vontade imensa de compartilhar essas emoções.

Posts Relacionados

LICK – SÉRIE STAGE DIVE – Kylie Scott
Classificado como:                            

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *