Título: Êxtase
Autor(a): Nicole Jordan
Série: Notorius
Editora: Essencia
Ano: 2014 – Páginas: 384

Depois de ver sua mãe definhar por causa de um amor perdido, Raven Kendrick jurou nunca entregar seu coração. Mas quando sua vida se transforma em um escândalo, ela é forçada a aceitar uma proposta de casamento do sensual proprietário da casa de jogos mais conhecida de Londres. Embora fortemente atraída por seu enigmático salvador, Raven luta para resistir ao marido, cujas carícias prometem um êxtase além de suas fantasias mais selvagens. Para salvar a reputação da inocente jovem, Kell Lasseter se vê obrigado a sacrificar sua liberdade casando-se com a deslumbrante garota, uma vez que o irmão dele foi o causador da ruina de Raven. Desprezado por seu sangue Irlândes e seu passado obscuro, Kell não pode negar que essa mulher geniosa e encantadora é diferente de todas as outras que já conheceu… Assim como não pode reprimir o desejo ardente que sente por ela. Dividido entre a lealdade para com o irmão e seus sentimentos crescentes por sua noiva rebelde, Kell precisa libertar o coração relutante de Raven de alguma forma, para que eles possam conhecer o êxtase do verdadeiro amor.

Êxtase é o quarto livro da série Notorius, mas como sou do contra, e leio o que eu quiser, pulei os três primeiros. Então estou aqui para dizer o que eu achei.

O livro é um romance de época, que começa de forma agitada pelos preparativos do casamento de Raven Kendrick. Raven é uma garota linda, proveniente de uma família bem abastada e importante de Londres, está prestes a se casar com um Duque, quando é sequestrada por um ex-pretendente apaixonado e muito frustrado por não ter sido o escolhido.

Com o escândalo por ter sido sequestrada por um homem e por ter deixado seu noivo plantada esperando pelo casório, Raven vê seu futuro arruinado, e agora é uma solteira estragada para novos acordos de casamento, sendo assim o irmão de seu sequestrador, Kell Lasseter se vê obrigado a casar-se com a jovem para reparar os danos que seu irmão causou.

O acordo entre eles é bem claro, o casamento é de conveniência, é proibido se apaixonar e se envolver, além do que não terão nenhuma intimidade e só serão vistos enquanto precisarem manter as aparências.

Não preciso nem explicar que nossos protagonistas não cumpriram o acordo.

Com meu corpo eu a adorarei. Você tem a intenção de me adorar adequadamente, esposa? (Kell)

Raven e Kell passam a viver uma grande paixão. Mas Raven está disposta a resistir, pois prometeu a sua mãe que jamais se apaixonaria e morreria de amor, como fez sua mãe. Então Kell passa a ter uma missão, convencer Raven, sua bela esposa de que devem viver um casamento de verdade.

E enquanto estava com ela, envolta nas sombras de seu cabelo, Kell proferiu um silencioso juramento. Algum dia eles seriam marido e mulher de verdade. Nem que isso levasse até o fim de seus dias, ele convenceria Raven a se permitir amá-lo.

O casal enfrenta muitos obstáculos, mas o maior deles é o irmão de Kell que ainda se diz apaixonado por Raven e promete vingança. Sean é maluco e me dava arrepios.

Eu gostei bastante do livro, demorei em me adaptar à leitura, uma vez que o livro é em terceira pessoa, tendo um narrador e ultimamente tenho lido livros em primeira pessoa. A escrita é muito rica e bem envolvente. Cheio de detalhes da época, o que me encantou muito.

Gostaria de ter sido mais explorado os costumes e vestimentas, mas estou pedindo demais né…..

Raven é uma garota linda, sonhadora, determinada, com um passado sofrido e que espera cumprir a promessa que fez a sua mãe no leito de morte.

Kell é enigmático, perigoso, distante e por vezes muito frio, mas esconde uma bondade e doçura realmente cativante. Estúpido, grosso e arrogante por fora, mas amável e apaixonado por dentro. Amei Kell, ele me conquistou.

Eu preferiria arrancar meu coração do peito a perder você, Raven. Não acredito que pudesse viver sem você quanto a amo tanto.

Apesar da minha rebeldia em pular os primeiros livros da série, confesso que fiquei curiosa com os demais títulos, não descarto a possibilidade de ler desde o início. Eu sei…sou louca mesmo.

Adorei as fantasias de Raven, apesar de o romance ser de época e as mulheres viverem reprimidas, numa época em que a liberdade sexual era vista com pecado, a moça se me surpreendeu.

O melhor foi Kell sentindo ciúmes de suas fantasias e passando a competir com elas….OH MEU DEUS que homem é esse? Sensacional.

Fosse ou não irracional, Kell estava indignado que sua esposa tivesse um amante, embora fosse mera ilusão. Impulsionado por orgulho masculino ou por simples ciúmes, desejava ser o único home d sua vida. E seria o único homem de sua vida.

 

Vale a pena a leitura, não quero de forma alguma influenciar alguém, mas não é necessários ler os primeiros livros da série, as histórias são independentes. Então relaxa e leia “Êxtase” sem culpa…hahahaha. Eu quero tudo o que tiver para me dar. (Kell)

 

Se Recomendo???? SIM.

Romântica por natureza, choro, sofro e vivo as histórias e estou com uma vontade imensa de compartilhar essas emoções.

Posts Relacionados

ÊXTASE – Nicole Jordan
Classificado como:                

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *