desejos do destinoRowdy St. James é uma paisagem que todas as mulheres gostam de admirar. Seus olhos azuis, seu topete loiro quase sempre perfeito e as obras de arte gravadas em seu corpo arrancam roupas e suspiros. Quem vê o tatuador old school sempre tão charmoso e confiante com as garotas que leva para cama, nem imagina a desilusão que ele teve com seu primeiro amor. Salem Cruz fugiu de casa aos 18 anos, deixando sua irmã e o melhor amigo para trás. Ela sempre quis ser livre e passou anos mudando de cidade. Os caminhos de sua vida cigana a levaram para Denver e também ao encontro da única lembrança que preenchia o vazio de sua alma. Quando o destino resolve colocar essa mulher novamente na vida do tatuador, todo o passado dele vem à tona: as irmãs Cruz partindo seu solitário coração de diferentes formas. Há muita tensão e dúvidas entre eles, além de um amor adolescente. Rowdy até tenta se afastar de Salem, mas sente um enorme desejo de agarrá-la e nunca mais deixá-la partir.

Título: Desejos do Destino
Autor(a): Jay Crownover
Série: Homens Marcados #5

Editora: V&R
Ano: 2016
Páginas:  324

O QUE ACHAMOS:

GÊNERO: 

RESENHA

Nem preciso dizer que gosto dessa série, pois acabo de ler o quinto livro. Diferente em diversas formas, essa série trás uma novidade a cada livro, mesmo guardando grande semelhança entre todos.

Todos os protagonistas são tatuados, lindos, maravilhosos, mulherengos, mas quando entregam seu coração é para sempre. Final feliz e muito amor envolvido. Nesse quinto livro a receita não mudou, então conhecemos a história de Rowdy e Salem.

Rowdy sempre foi do grupo marcados o mais melancólico e acredita que tudo tem uma mão do destino. Teve seu coração partido na adolescência pelo seu único e verdadeiro amor, e agora não acredita que alguém possa preencher esse vazio. Órfão e sozinho. E eu me apaixonei logo de cara… lógico.

Salem é um vendaval, linda de morrer, dona de uma personalidade forte e aventureira, não se fixa em lugar nenhum, mas acredita que seu destino está ao lado de seu grande amor, no qual ela foi obrigada a abandonar enquanto adolescente.

Brigar por tudo faz a briga pelas coisas que realmente importam perder o significado. (Salem)

Bom, ao falar assim desse livro, logo imaginamos, mais um romance entre amigos adolescentes que se desentenderam, mas, se reencontraram enquanto adultos… e blá blá blá.

Enganou-se quem achou isso, esse não é um romance adolescente, Rowdy e Salem não eram apaixonados enquanto jovens, eram melhores amigos. E Rowdy teve seu coração partido por outra pessoa, na verdade a irmã de Salem. Mas lógico que a bela também acabou por decepcionar o amigo, ao ir embora e não mais voltar, deixando ele sozinho.

Bom, mas Salem é apaixonada desde sempre por Rowdy e parte para conquistar o gato e viver feliz para sempre. Então o que marca esse livro como sendo bom? Os dramas vividos nesse livro foram os mais fortes na série até agora.

Violência contra mulher, pais que abusam moralmente dos filhos, pais controladores, vingança e reencontros marcaram esse livro, e posso dizer que eu amei cada momento.

Não é nenhuma obra prima, mas com certeza é uma leitura boa, fluida e muito envolvente, daquelas que quando começamos não queremos mais parar. Eu leitora compulsiva, mas que está numa fase de inhaca literária, onde nada me agrada ou me interessa, li e adorei.

Eu amei Rowdy com seu jeito doce, intenso e apaixonado. Já Salem eu admirei. A mulher é forte como eu gosto que as mulheres dos livros sejam. Decidida, destemida e muito guerreira, ela é daquelas que luta pelo que quer, enfrenta tudo e todos e no final ganha aquilo que queria. Adoro personagens assim. São minhas heroínas.

Você é a última mulher que eu quero beijar. A última que quero levar para a cama. Quero que você seja a última a tocar meu corpo, Salem. E isso é muito mais importante do que qualquer primeira vez.

Assim como nos anteriores a narrativa é alternada com o ponto de vista dos dois protagonistas.

Essa mulher é o meu lar. Não sabia que estava perdido até ela me encontrar.

 

Durante os últimos livros, a história do Asa vem sendo construída, estou ansiosa por esse livro. Adorei ver os outros personagens e como estão suas vidas.

Se Recomendo. Sim.

Romântica por natureza, choro, sofro e vivo as histórias e estou com uma vontade imensa de compartilhar essas emoções.

Posts Relacionados

DESEJOS DO DESTINO – Jay Crownover
Classificado como:        

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *