Bela redenção

Título: Bela Redenção
Autor(a): Jamie McGuire
Série: Irmãos Maddox
Editora: Verus
Ano: 2015 – Páginas: 308

 

A aguardada continuação de Bela Distração Liis Lindy é uma agente do FBI decidida a se casar apenas com o trabalho. Ela adora sua mesa, está em um relacionamento sério com seu laptop e sonha em ser cumprimentada pelo diretor depois de solucionar um caso difícil. O agente especial Thomas Maddox é arrogante e implacável, um dos melhores que o FBI tem a oferecer — e chefe de Liis. Quando Liis e Thomas são encarregados de uma missão em que precisam fingir ser um casal, a atração entre eles chega ao limite — e os leva a questionar quanto realmente estavam fingindo. Bela redenção é o segundo volume da série que narra a excitante, romântica e por vezes volátil jornada dos Maddox rumo ao amor. Chegou a hora de conhecer o mundo misterioso do esquivo Thomas e descobrir como a paixão pode ser intensa quando você não é a primeira, e sim a última. Além, é claro, de rever os outros irmãos da família Maddox.

Finalmente eu vou poder falar, quando escrevi a resenha de Bela distração tive uma vontade insana de soltar um megaaaaa spoiler, mas eu não podia, mordi minha língua, me coloquei mordaça e não falei. Mas como o mundo é perfeito e as estrelas brilham no céu, agora poderei soltar minha língua e revelar tudo.

COMO ASSIM T.J. É O THOMAS????? Eu me fiz essa pergunta um zilhão de vezes, e não obtive resposta do meu cérebro lento que não percebeu nada durante a leitura…pqp pqp pqp, como eu não percebi?????

Após o final do livro eu só consegui reunir um único pensamento coerente. Camille sortuda, ela conseguiu 02 Maddox. Só com isso ela já merecia o troféu melhor protagonista da história de todas as protagonistas do mundo todo.

Vou dizer agora para ficar bem claro. Thomas é o meu Maddox preferido, muitas dirão que sou do contra, mas eu não posso evitar. Seu jeito misterioso e reservado já havia me chamado a atenção desde que li Belo Desastre. A curiosidade sobre sua personalidade e vida foi crescendo no decorrer da série. Em Bela Distração desfrutei de sua personalidade doce e apaixonada, e agora realmente me apaixonei.

Liis é uma agente federal que descrevo como desapegada, ela nunca se apaixonou, nunca sofreu por amor, não sabe o que é ter um verdadeiro compromisso e encontra-se emocionalmente indisponível. Casada com seu trabalho, é uma mulher durona e decidida, bom era, até conhecer Thomas.

Thomas é um agente especial, temido por muitos, insuportável de se trabalhar junto, duro, seco, arrogante e bem mau. Bom….isso é o que vemos no seu trabalho, porque o verdadeiro Thomas é doce, apaixonado e muito fofo. Sabemos que ele teve seu coração partido por Camille. Depois de ser trocado por seu irmão, Thomas se transformou.

Eu sei. Foi burrice. Agi sob o impulso de um sentimento passageiro que acabou virando algo mais. Coloquei todo mundo em uma posição ruim. Fui um babaca egoísta. Mas eu a amava….eu a amo. Pode acreditar, estou sendo castigado por isso. (Thomas)

O sofrimento de Thomas é palpável, mesmo não sendo real eu conseguir sentir em mim sua angustia. Ele realmente amava Cami, mas ele foi bem sacaninha, ele sabia o tempo todo que seu irmão mais novo sempre foi apaixonado por Cami, mas ele a quis mesmo assim. Eu entendi seus motivos, ele simplesmente se apaixonou e viu uma oportunidade. Mas e quanto ao irmão? E a família?

Ela não era minha. A Camille sempre pertenceu ao Trent. É difícil explicar. O trent é apaixonado por ela desde que éramos crianças. Eu sabia.
– Mas foi atrás dela mesmo assim. Só não entendo por quê.
Seus ombros subiram só um pouquinho.
– Eu também sou apaixonado por ela.

A verdade é que Thomas pagou bem caro por seu amor e acabou por ter seu coração partido, porque estava escrito…..Camille e Trent. Nessa equação Thomas estava sobrando. Daí que entra Liis.

Não posso te redimir Thomas. Você vai ter que resolver sozinho o que fez com o Trent. (Liis)

Inicialmente ela não queria um relacionamento, mas mesmo assim não resiste a Thomas, obvio…eu também não resistiria. Eu realmente me senti mal pela criatura, afinal “quando um Maddox ama, ele ama pra sempre”, e não há discussão Thomas ama Cami e ele não nega. O que é difícil aturar é ser a segunda na preferencia.

Eu estava me apaixonando pelo Thomas, mas ele ainda amava Camille. Mesmo em um mundo perfeito, onde duas pessoas obcecadas pelo trabalho pudessem fazer um relacionamento dar certo, nós dois tínhamos o obstáculo adicional do amor não correspondido. No momento, isso era problema do Thomas, mas, se eu me permitisse ter sentimentos mais profundos, o problema seria meu. (Liis)

Fiquei bem decepcionada com a protagonista, que pela sinopse e inicio do livro parecia ser toda dona de si, fodástica e tals….mas ela passa a maior parte do livro fazendo birras infanto-juvenis, cheia de mimimi, descontrolada, carente e pressionando o bofe por uma resposta que ele não poderia dar.

O Romance entre os dois não é um conto de fadas, é cercado de incertezas, inseguranças, muitas vezes é até feio, mas mesmo assim a história é emocionante e eu me apaixonei. Thomas merecia seu final feliz, merecia a redenção.

Se eu te desse meu futuro, ia querer que você deixasse o passado.(Liis)

Alguém me diga o que se passa na cabeça da Camille, porque a pessoa teve uns comportamentos muito estranhos, que eu fiquei honestamente dividida sobre seus sentimentos….sei lá, deve ser paranoia mesmo, ou inveja por sua sorte. Eu já falei que ela é a mais sortuda de todas???

Ela estava engalfinhada com Thomas, lamentando a separação dos dois. Eu não gostava dela. Não conseguia entender por que não um, mas dois Maddox gostavam. (Liis)

A autora continua me surpreendendo ao amarrar todos os livros de forma coerente e sem falhas. Bela Redenção passa-se ao mesmo tempo que o epílogo de Desastre Iminente e Bela Distração.

Eu preciso desesperadamente de uma amiga como Val Taber. Sério mesmo que possa existir algum detector humano de mentira???? Preciso de um urgente. Socorro Val….quer ser minha amiga?

O livro mantem a qualidade dos anteriores, a escrita da Jamie é muito simples e envolvente, é difícil começar a ler e parar. Um romance não convencional com personagens muito complexos, alguns toques de humor e muito sentimento envolvido, essa é a sensação que fiquei ao ler esse livro.

Me pergunto porque gostei tanto desse livro, a protagonista é infantil mas se acha adulta e sensata, o mocinho diz estar apaixonado pela mocinha, mas afirma ainda amar a cunhada….OH MEU DEUS, descrevendo assim parece horrível. Mas eu amei o livro, amei o Thomas e suas incertezas, e acredito que a razão para eu ter me apaixonado seja a sinceridade dos sentimentos de Thomas, ele é todo complicado, todo homem e todo apaixonado. Ele sofre por Camille, ele sofre por Trent, ele sofre por Liis, ele sofre por mentir, ele só sofre, e eu sofri junto com ele.

Você está certa. Não posso te amar do jeito que você precisa. Não amo nem a mim mesmo. (Thomas)

Senti falta de uns pensamentos de Thomas, não gostaria de ler um livro com seu ponto de vista, porém a Autora poderia ter nos presenteado com alguns de seus mais profundos sentimentos. Porque alguns pontos ficaram sem explicação.

Terminou o livro e eu ainda fiquei com uma certa angústia, uma duvida persistente, quanto a alguns sentimentos de Thomas. Afinal ele esqueceu Cami? Ele ama Liis?.

Eu amei a Camille primeiro – Thomas disse – Mas você, Liis…você é a última que eu vou amar.

Partiu Belo Sacrifício.

Se Recomendo?? Oxiê SIM SIM SIM

Romântica por natureza, choro, sofro e vivo as histórias e estou com uma vontade imensa de compartilhar essas emoções.

Posts Relacionados

BELA REDENÇÃO – Jamie McGuire
Classificado como:                

2 comentários sobre “BELA REDENÇÃO – Jamie McGuire

  • 10 de julho de 2016 em 18:24
    Permalink

    Oi Paula! Nossa, ao contrário de você amo a Liss é minha protagonista preferida rsrsrsrs eu detesto a Camille rs E tb queria mais dos pensamentos do Thomas! Mas amei o livro tb, apaixonada pelos Maddox

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    Responder
    • 10 de julho de 2016 em 20:46
      Permalink

      Michele

      Talvez somente talvez eu esteja na verdade com inveja e ciúmes da Liis….kkkkk

      Eu não detestava Camille quando li Bela Distração, mas agora, ela entrou para minha lista das piores….
      bjs e obrigada.

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *