a chama dentro de nósLogan Silverstone e Alyssa Walters não têm nada em comum. Ele passa os dias contando centavos para pagar o aluguel, sofrendo com a rejeição dos pais e tentando encontrar um rumo para sua vida caótica. Ela, por outro lado, parece ter um futuro brilhante pela frente. Um dia, porém, um simples gesto dá origem a uma improvável amizade. Ao longo dos anos, o sentimento que os une se transforma em algo até então desconhecido para os dois. Alyssa e Logan não conseguem resistir à atração que sempre sentiram um pelo outro e finalmente descobrem o amor. Mas uma tragédia promete separá-los para sempre. Ou pelo menos é isso que eles pensam. Seriam as reviravoltas do destino e as feridas do coração capazes de apagar para sempre a chama que há dentro deles.

Título: A Chama Dentro de Nós
Autor(a): Brittainy C. Cherry
Série: Elementos #2

Editora: Record
Ano: 2017
Páginas: 350

O QUE ACHAMOS:

GÊNERO: 

RESENHA

Começo já dizendo que iniciei a leitura desse livro numa expectativa tão alta, que para ele atingir precisaria ser uma obra prima divina. Obvio que terminei extremamente frustrada. Mas por quê? Primeiro eu achei que o primeiro livro O Ar que ele Respira havia me estragado para essa série. É isso mesmo, gostei tanto do primeiro que irei odiar todos os outros. Mas então numa breve analise percebi que não foi isso, e tentarei explicar porque apesar de todas as criticas positivas eu não gostei muito desse livro.

Alyssa é uma garota brilhante, filha de uma advogada bem sucedida, tem uma vida confortável é linda, e muito talentosa. Porém seu pai praticamente a abandonou e sua mãe é uma mistura do Chuck com Malévola, e posso garantir que o resultado foi assustador. Sendo assim Alyssa é uma menina carente de afeto mas ainda muito sensível.

Logan é uma bagunça, lindo, talentoso, inteligente, porém filho de um traficante agressor e muito fdp e uma mãe muito drogada. Por conta disso cresceu em meio à violência e sofrendo abusos físicos constantes, além de ter sido introduzido as drogas enquanto ainda era pequeno.

Alyssa e Logan são verdadeiramente opostos aparentemente, mas no decorrer do livro acabam descobrindo muitas semelhanças e uma conexão intensa.

A verdade é que eu te quero. Quero você na minha vida, de todas as formas e muito mais. Não consigo parar de pensar em você, High. Não para escapar da realidade, mas para abraça-la. Você é meu coração. É minha alma. Eu quero você. Tudo de você. E mais do que qualquer coisa agora, eu quero te beijar.

Assim como diversos livros tudo começa com uma amizade que vai virando outra coisa.

Então o que eu não gostei aqui? Esse livro era suposto ser um romance, porém eu não consegui sentir uma conexão entre os protagonistas. Existia sim uma atração física e uma espécie de necessidade afetiva. Ambos eram muito carentes e encontraram um no outro uma muleta. Uma tábua de salvação.

Não vou mentir e dizer que Alyssa não amava Logan, eu consegui sentir seu amor até os meus ossos. Ela abriu mão de tudo por ele, família, carreira, amigos. Tudo. E as mensagens… quase morri, mas foi Logan que não me convenceu.

Durante a leitura fiquei pensando como seria Logan, e consegui ver um garoto muito machucado que amava muito sua mãe e seu irmão. Mas não me convenci do seu amor por Alyssa. Consegui ver uma amizade e uma necessidade de companhia. Mas não uma paixão avassaladora. Eu sei que sou uma romântica incurável. Adoro contos de fadas, homens perfeitos e apaixonados. Então Logan, me desculpe mas você não passou no meu teste.

Detesto spoiler, mas essa Alyssa é uma idiota e me irritou muito. Imaginem a história. Garota perfeita começa amizade com garoto problema. Ele só aparece quando está com problemas ou quando precisa de alguém para desabafar. Todos os encontros garoto está chapado. Mas mesmo assim Garota se apaixona, e ambos vivem uma história de amor. Garoto muito drogado fica louco e vai embora por 05 malditos anos, deixando a garota sozinha e sofrendo muito. Quando volta garota ainda está apaixonada e de quatro por ele. Garoto usa e abusa da garota e mesmo assim ela está sempre a disposição. Conclusão leitora insatisfeita e irritada.

Fiquei o livro todo esperando a nova versão de Alyssa. Aquela em que ela ia dar um chute na bunda daquele imbecil, virar o jogo, ser mais esperta… sei lá esperava qualquer coisa. Menos o que li. Fiquei cansada, e me perguntando se alguém poderia ser tão patética.

Você ainda é que me mantém aquecido quando a vida se torna fria. Ainda é a voz que mantém a escuridão na baía. Você ainda é a razão pela qual meu coração bate. Ainda é o ar em meus pulmões. Você ainda é minha maior alta. E eu ainda estou verdadeiramente, loucamente e dolorosamente apaixonado por você. E acho que nunca vou saber como parar.

Mas nem tudo estava perdido nesse livro eu amei Kellan, irmão de Logan e Erika irmã de Alyssa. Esse casal sim deveria ter sido o protagonista da história. Amei ambos. Apaixonadíssimo. Ela muito louca e ele muito doce. Viveram problemas horríveis, mas o amor superou tudo. Então sim, meu casal favorito do livro são eles.

O epílogo foi bonitinho, mas como eu já estava irritada com o livro todo e esperando a próxima aprontada de Logan ou a próxima humilhada de Alyssa, não consegui me emocionar ou mesmo me apegar.

Talvez o sentido da vida seja nos ensinar que nós não seremos para sempre nossos erros do passado. Talvez o sentido da vida seja nos abrirmos para as coisas que mais tememos – como o amor.

O nome do livro é A CHAMA DENTRO DE NÓS, mas eu só consegui sentir frio.

Se Recomendo? Não

Romântica por natureza, choro, sofro e vivo as histórias e estou com uma vontade imensa de compartilhar essas emoções.

Posts Relacionados

A CHAMA DENTRO DE NÓS – Brittainny C. Cherry

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *